eSports: a próxima geração de esportes

F1 eSportsFonte: f1esports,com

O mercado de esportes eletrônicos, ou eSports, já é realidade e deve crescer quase 15% em 2019. Segundo relatório da Newzoo, essa modalidade deve alcançar mais de 450 milhões de pessoas neste ano.

Continue lendo abaixo para mais informações sobre essa nova classe de esportes que já se tornou milionária.

O crescimento e a economia do eSports

A Newzoo aponta que para 2019, os esportes eletrônicos devem crescer ainda mais, e revela que tal crescimento será feito através da sua popularização em massa.

A febre no momento é tão intensa que as marcas estão começando a criar os seus próprios torneios, por isso o número de campeonatos só aumentará. Como um exemplo, o jogo Fortnite terá um próprio campeonato mundial em 2019, e com mais campeonatos, mais anunciantes farão parte. E com mais anunciantes, mais dinheiro será envolvido.

A Newzoo também prevê campeonatos em estádios, mais equipes por times, estrelas publicitárias, mais jogos para celular e mais espaço para as mulheres. O que antes era considerado apenas um mero passatempo agora se tornou uma forma de ganhar a vida, e muitas pessoas agora estão levando isso a sério.

O uso e desenvolvimento da Realidade Virtual com eSports

Auto de Fórmula 1Fonte: https://www.raconteur.net/

O futuro do eSports se tornará ainda mais interessante com tecnologias imersivas como óculos de Realidade Virtual. Com o desenvolvimento da tecnologia, os esportes eletrônicos ficarão ainda mais avançados e todas as indústrias ao redor dessa modalidade também prosperarão.

O futuro do eSports se tornará ainda mais interessante com tecnologias imersivas como óculos de Realidade Virtual. Com o desenvolvimento da tecnologia, os esportes eletrônicos ficarão ainda mais avançados e todas as indústrias ao redor dessa modalidade também prosperarão.

Alguns óculos de Realidade Virtual como Oculus Rift e HTC Vive já são vendidos e o PlayStation VR já conta com mais de 100 jogos. É impressionante a quantidade de apoio que esses aparelhos estão recebendo de empresas e desenvolvedoras. Daqui a algum tempo será possível assistir ao The International de Dota através de um aparelho de Realidade Virtual, em que você faz parte da torcida. Mas o potencial não para por aí.

Este é apenas o início de uma nova onda de adição da dimensão física ao eSports, e isso levará a novas e animadoras direções. Um bom exemplo é o Omni VR, que permite a movimentação pelo jogo ao andar e correr na sua plataforma, e os arreios permitem pular em uma rotação de 360 graus. Alguns outros exemplos futuros, é que nos jogos de tiro em Realidade Virtual, você verá um jogador rodar e se jogar enquanto o personagem no jogo desvia de tiros. Isso também fará com que os jogadores fiquem mais parecidos com os atletas devido ao esforço físico. A indústria é promissora e está em crescente mudança.

F1 eSports

Φόρμουλα 1Fonte: Team Lotus Formula 1 Car – Duxford

Como uma das indústrias de entretenimento com um dos crescimentos mais rápidos do mundo, a Fórmula 1 está buscando lucrar com interesse nos jogos virtuais e competições de esportes eletrônicos. E tudo parece estar dando certo depois que a F1 lançou a sua própria série de eSports.

O automobilismo, que sempre foi tradicionalmente um esporte para poucos devido aos seus elevados custos, agora pode ser acessado através de jogos e simulações, tapando o buraco entre o mundo virtual e real. A criação de conteúdo no YouTube também ajuda a popularizar ainda mais o jogo, e alguns canais divulgando os jogos eletrônicos de F1 possuem mais de 65 milhões de visualizações.

O interesse em apostas em eSports também aumentou com os anos, e muitos jogadores de cassino online desenvolvem táticas e estudos para ganharem dinheiro.

F1 eSports: um negócio bilionário

Para que você tenha uma ideia do tamanho do sucesso, a premiada F1 New Balance Sports Series de 2018 registrou a audiência de 1,2 milhões de pessoas em canais de TV e 3,2 milhões de pessoas em um stream ao vivo dedicado, trazendo a diversão e euforia da Fórmula 1 para uma nova geração de fãs ao redor do mundo.

Mais de 100 milhões de reações em redes sociais e 20 milhões de visualizações de vídeos online de F1 eSports foram acumulados no decorrer da série. Esta é uma clara demonstração de como o esporte está atingindo uma audiência mais jovem e completamente digital, e segundo as estatísticas, 70% dos espectadores tinham menos de 34 anos.

O ganhador dessa série de 2018 foi o jovem britânico Brendon Leigh de 19 anos, com a competição oferecendo um prêmio de 200 mil dólares. Ele venceu outros 24 competidores em três eventos ao vivo extremamente emocionantes. Na Corrida dos Campeões de 2019, o já campeão e renomado da F1 eSports, Enzo Bonito, foi campeão no Foro Sol Stadium no México. A Corrida dos Campeões desse ano apresentou um novo formato, introduzindo uma prova especial para as “Estrelas das Corridas” e o campeão de 2018 da eROC (Bonito) recebeu um novo desafiante, James Baldwin.

O dilema das mudanças climáticas Informações importantes sobre investimentos em ações na inteligência artificial